Filmes, Livros, Músicas e Séries

“What If?” – Uma comédia romântica moderninha.

5 de janeiro de 2015

banner1

Aqui em casa, férias significa ficar em casa curtindo a maresia, acumulando energia. Assim, ver filmes é uma das opções. Ontem, publiquei em meu facebook, um pedido com indicações de filmes “bonitinhos”, porque estava curtindo uma “vibe” mais “mulherzinha”. Até tentaram indicar alguns, mas eu já tinha assistido todos. Resolvi arriscar no Netflix, e foi quando me deparei com “Será que?” (What If?), um filme estrelado por Daniel Radcliffe (Harry Potter) e Zoe Kazan (a linda Ruby Sparks – A Namorada Perfeita). Devo confessar que já tinha visto a propaganda do filme, mas não coloquei muita fé em ver Daniel como protagonista em um filme de comédia romântica – eu ainda tinha aquele velho bloqueio de ser o eterno Harry Potter. Porém, contrariando toda a minha vontade, lancei um desafio “por que não?”, afinal, se em cinco minutos o filme não me convencesse, bastaria desligar.

tumblr_naa9hySgck1tgbievo1_500

Sempre tive alguns problemas específicos com comédias românticas – ou eram exageradas ou impossíveis –, abordavam pontos desnecessários, evidenciavam pessoas incomuns sob circunstâncias mais incomuns ainda. Mas, em “Será que?” o roteiro não deixou a desejar – mesmo utilizando regras básicas de sobrevivência para um filme “fofo” com doses controladas de humor e romantismo. A principal surpresa, em todo caso, seja a química inevitável dos protagonistas e a forma como soa natural os diálogos tanto entre eles e com os personagens secundários.

tumblr_ncggvoGw4k1qa3emao1_250tumblr_ncggvoGw4k1qa3emao2_250

tumblr_ncggvoGw4k1qa3emao3_250tumblr_ncggvoGw4k1qa3emao4_250

(É claro, digo que soa natural os diálogos entre os personagens, mas praticamente impossíveis na vida real, sejamos francos. No entanto, vibramos e rimos com as tiradas perfeitas e associações incríveis).

A história em si é bastante clichê – um carinha (Wallace) sai de um relacionamento fracassado, traído e sem previsão de um futuro muito promissor; larga a faculdade de medicina, passa a morar no porão da irmã e se mantém fechado para novas aventuras. Do outro lado, temos Chantry, uma animadora talentosa que recusa uma promoção na Tailândia porque acredita que tem tudo o que precisa para ser feliz bem ali, como um emprego onde faz o que ama, amigos incríveis e um namoro de cinco anos com um cara perfeito. Por loucura do destino, esses dois se encontram e a conexão é instantânea.

tumblr_ng9ay39xWS1qa3emao1_250 tumblr_ng9ay39xWS1qa3emao2_250

tumblr_ng9ay39xWS1qa3emao3_250 tumblr_ng9ay39xWS1qa3emao4_250

tumblr_ng9ay39xWS1qa3emao5_250 tumblr_ng9ay39xWS1qa3emao6_250

Ao longo da película, as cenas entre eles é uma mistura de fofura e previsibilidade, mas por não esperar algo assim de Radcliffe, a tentativa funciona e muito bem! Um laço íntimo é estabelecido entre os dois, e com a convivência o sentimento de Wallace por Chantry torna-se mais forte, em contrapartida, Chantry e seu relacionamento perfeito passa por mudanças turbulentas, como a mudança do namorado para a Europa. E é bem aí que o filme transforma-se em previsível, porque se por um lado Wallace evidencia suas qualidades como fiel companheiro, prestativo, divertido, por outro lado, seu namorado se distancia criando uma barreira imensa entre eles, passa a ligar menos, ausentar-se mais; é quase como se Chantry permanecesse paralisada no tempo enquanto seu namorado continuasse a viver, só que agora, longe dela. E sim, é o combustível que faltava para a personagem de Zoe questionar todo o seu futuro.

tumblr_nfm5xk655q1tgbievo1_1280

Eu ri a cada diálogo, principalmente nas cenas em que Adam Driver (oriundo do seriado Girls) aparecia para apimentar a situação, com seus conselhos – mesmo que absurdos – verdadeiros.

tumblr_ncnp85i7x01qa3emao4_250 tumblr_ncnp85i7x01qa3emao7_250tumblr_ncnp85i7x01qa3emao1_r1_250

Dirigido por Michael Dowse e roteiro de Elan Mastai, “What If?” é sobre as novas relações, é o advém da vida moderna que norteia o conceito de amor. Apresenta uma geração de pais divorciados, com sérios problemas de fidelidade. Trata-se de uma comédia sem grandes pretensões, querendo apenas repetir a mesma linha cinematográfica, mas que surpreende pela atuação e carisma dos atores envolvidos. É uma ótima escolha para um final de semana sem nada para fazer. Prepare-se para problemas e inquietações com um tanto de drama exagerado e desnecessário, salvo pelas tiradas inteligentes e espertinhas demais para soar, no mínimo, verdadeiras – mas legais de serem acompanhadas nas telinhas.

tumblr_n8rerrGPGy1tcc978o1_500

P.S1: As cores do filme são lindas e vibrantes. Eu sei que tem gente que nem se liga nesses detalhes, mas eu simplesmente amei. São cores tão chamativas…

P.S2: O filme se passa em Toronto, no Canadá. As cenas externas foram muito bem exploradas. Minha vontade de conhecer o Canadá apenas aumentou exponencialmente!

 

Gostou? Compartilhe!

You Might Also Like

9 Comments

  • Reply Stephanie 5 de janeiro de 2015 at 20:54

    Ahh, que belezinha parece ser esse filme! O Netflix ta me recomendando direto, logo logo eu assisto. Não sou fã de comédias românticas, mas gosto do elenco então darei uma chance <3

    • Faah Bastos
      Reply Faah Bastos 5 de janeiro de 2015 at 21:04

      Eu também não sou lá uma big fã de comédias românticas, principalmente por causa da previsibilidade, mas esse valeu a pena. Valeu muito mesmo. Acabei me surpreendendo.

  • Reply Vitória 6 de janeiro de 2015 at 16:17

    Ai que fofura. Eu ultimamente ando me deparando muito nesse filme ao entrar no Netflix mas nunca dou muita atenção. Tanto por causa do gênero como o fato de ser o Radcliffe. Nada contra, amo Harry Potter (uhaeuaheahuea) e o meu “bloqueio” por ele vai mais além do fato dele ser bruxo, mas nunca o achei um ator legal.. assisti ”Kill your darlings” dele, em que ele faz o papel do meu poeta preferido (Allen Ginsberg) e assim, gostei do filme, masss…..
    Maaaaaaas como eu AMEI essa resenha, fiquei empolgada nas cores também (!!!) e sou louca por Toronto, verei! <3

    • Faah Bastos
      Reply Faah Bastos 6 de janeiro de 2015 at 16:34

      Eu acho o Radcliffe um nanico escroto eterno bruxo, mas pelo incrível que pareça, não consegui ver Harry Potter na atuação dele.
      Estranho, né?
      Bem, eu gostei do filme, é fofíssimo e vale a pena dá uma chance.
      Espero que você goste. E vou ver o Kill your darlings, será que vou gostar?
      Beijos, gostosa.

  • Reply Theodora Mello 6 de janeiro de 2015 at 21:37

    Oi Faah, Tudo bem?
    Eu sou louca para ver esse filme, você tem idéia. Sério mesmo que ele esta disponivel no Netflix? Gente vou assistir agora mesmo 🙂 Ah… vim aqui também para te avisar que te indiquei na tag Liebster Award. Da uma olhadinha la no post no meu blog: http://everlysworld.com/2015/01/06/tag-liebster-award/
    Beijos

    • Faah Bastos
      Reply Faah Bastos 10 de janeiro de 2015 at 16:20

      OPA, OPA!!!!
      Demorei pra responder os comentários e o que aconteceu? EU JÁ POSTEI A TAG! kkkkkkkkkkk
      Eu sou muito lerda, me desculpe. Mas assim como agradeci em seu blog, vou agradecer de novo: fiquei tãaaaao feliz por ter sido indicada.
      Mais uma vez muitíssimo obrigada!

  • Reply Bianca 9 de janeiro de 2015 at 9:43

    Gostei muito da resenha do filme, já coloquei na minha lista do Netflix, estou assistindo muita comédia romântica nessas férias hehe
    Beijos

    • Faah Bastos
      Reply Faah Bastos 10 de janeiro de 2015 at 16:21

      Opa!
      O filme é beeem fofinho, o título certo para ver sem esperar grandes coisas e ainda se distrair bastante.
      Não será uma decepção (pelo menos eu espero. kkkkkkk).

  • Reply Dani Antunes 19 de janeiro de 2015 at 12:41

    Eu fui assistir depois de ver tua indicação e já indiquei pra trocentas amigas. Que filme fofo e apaixonante! Amei!
    Diferente de vc, eu sou uma apaixonada por comédias românticas, desde que me entendo por gente. Amo, choro, torço… Quase uma groupie! hahahaha

    Bjinho

    P.S: Tomando vergonha na cara e voltando a blogar, agora como gente, com domínio próprio e tudo. Amor define! <3

  • Deixe uma resposta