Beleza, Projetos & Trabalhos, Slide

Sobre a minha dieta e a escolha de ser saudável.

25 de setembro de 2015

Algumas semanas atrás, sentei para almoçar com Rafael e conversamos sobre o quanto estávamos cansados daquela alimentação errada. Encaramos uma realidade diferente. Totalmente diferente.

Ano passado, fizemos a dieta Dukan (muita boa, por sinal!) e perdemos muito peso. Muito peso mesmo! Mas cometemos o maior deslize de não seguir mais nenhuma dieta. Não foi apenas um deslize, realmente deixamos de lado qualquer preocupação e enfiamos mais do que o pé na jaca, nos tornamos a JACA. Eu quase engordei tudo que tinha perdido, assim como ele. Não era algo como “ei, eu disse que esse tipo de dieta causa isso”, porque não foi culpa da dieta, foi apenas nossa.

Começa sempre com “ah, estou com preguiça de cozinhar”, “um pouco de sorvete não mata ninguém”, “faz tanto tempo que não bebo refrigerante”, e lá ia um pote inteiro de sorvete, refrigerante todos os dias, alimentação totalmente errada. Foi mais do que um descuido, foi falta mesmo de vergonha na cara!

Entretanto, a situação se tornou mais insuportável quando, enquanto verificava vestidos de noiva, notei que alguns cortes eram lindos, mas eu jamais usaria porque EU iria me sentir ESTRANHA! Me perguntei o que estava fazendo com a minha saúde, e como eu queria chegar aos trinta esbanjando sensualidade se eu negligenciava minha saúde? Resolvemos que precisávamos mudar nossos hábitos alimentares, nada radical ao extremo. Queríamos reaprender a comer. Não adiantava perder peso se eu ainda continuasse com os mesmos hábitos. Fizemos check-up, visitamos endocrinologista e nutricionista. Saímos com a cabeça diferente. Precisávamos não de corpos sarados, mas de uma saúde impecável.

 Precisávamos não de corpos sarados, mas de uma saúde impecável.

A paranoia de verificar o peso a cada duas horas passou. Estamos focados em obter saúde, ganhar disposição. Já Rafael busca a perfeição nas duas artes marciais que pratica – Hapkidô e Muay Thai Boran –, logo, a perda de peso se torna essencial.

A vida anda bem verde depois que começamos a dieta. Salada se tornou um item necessário e diário. Não pode faltar. Beber três litros de água por dia é um hábito indispensável. Carne branca sempre tem um espaço garantido, sem fritura, massas, entre outros.

Não tem extremo, privações demais… É possível se alimentar muito bem, ficar satisfeito, entrar em forma sem tanto esforço. É claro, no início é uma mudança bastante drástica. É normal sentir falta de todas as gostosuras, os doces, salgados, os hábitos ruins. Mas é possível mudar. É muito possível.

A partir de hoje, toda a semana haverá um post – toda sexta-feira – sobre o andamento da dieta, os quilos perdidos, e fotos de todas as refeições. É uma forma de assumir um compromisso e levar a sério. Eu duvido muito (muito mesmo) que eu desista. A reeducação alimentar tem proporcionado melhorias maravilhosas em minha vida, na disposição para encarar os dias de correria, na forma como lido com meus próprios compromissos. E ainda pratico autonomia sobre minhas vontades. Eu cansei de ser vencida por meros desejos alimentares. Eu sou dona de mim! Já houve momento em que pensei “por Deus, Faah! É só uma torta, é só comida. Você não precisa disso para relaxar!”, e não precisava mesmo!!!

Eu cansei de ser vencida por meros desejos alimentares. Eu sou dona de mim! Já houve momento em que pensei “por Deus, Faah! É só uma torta, é só comida. Você não precisa disso para relaxar!”, e não precisava mesmo!!!

Não estou emagrecendo para ficar linda, eu já sou! Eu quero ser absurdamente saudável. Não estou dizendo que ser gordo é sinônimo de doença, mas em meu caso é. Depois dos exames percebi que estava brincando de roleta russa com a saúde, estava atirando em minha própria cabeça. Farei 29 anos em novembro, não quero chegar aos 30 presa no índice “obesidade de risco”.

Até agora foram oito quilos eliminados em quase um mês. Tem bastante coisa para desaparecer. O caminho é longo, mas a força de vontade, o foco, a determinação, estarão comigo.

Eu espero que o meu post sirva de estímulo para começar hoje mesmo a fazer mudanças em sua vida, seja alimentar, emocional… Você é dona de si e pode tudo! Antes de querer ser magra, se torne uma pessoa saudável.

Antes de querer ser magra, se torne uma pessoa saudável.

Se tiver alguma dúvida sobre meu cardápio, como sigo a dieta, o que como ou deixo de comer, atividade física, entre outros, é só escrever sua dúvida na caixa de comentários e enviar. Tirarei todas!

Se quiser acompanhar a rotina diária, basta me seguir no instagram!

O próximo post será sobre “Os Aliados na Perda de Peso”.

Até mais, Sensuais!

Gostou? Compartilhe!

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply vit 25 de setembro de 2015 at 18:37

    Adorei! E acho até legal um post toda sexta porque acaba incentivando todos nós em busca de alimentação saudável assim como também te incentiva a continuar! E sim, esses novos hábitos não é pra vc se tornar mais linda, pq vc já é ATÉ DEMAIS GAROTA e sim mais saudavel. Sensacionaaal.

    • Faah Bastos
      Reply Faah Bastos 25 de setembro de 2015 at 19:29

      Eu já recebi algumas críticas por ter optado por uma vida saudável, acredita? É muita gente idiota.
      Estava com saudade de você!!

  • Reply Prida 26 de setembro de 2015 at 19:18

    Qual sua atividade física?

    • Faah Bastos
      Reply Faah Bastos 26 de setembro de 2015 at 19:46

      Eu comecei fazendo pequenas caminhadas, subindo e descendo as escadas daqui de casa mesmo por meia hora. Na semana que vem iniciarei aulas de Hapkidô.

  • Reply layssa layane 28 de setembro de 2015 at 21:40

    É complicado estou atras de de qualidade de vida, uma alimentação saudavel é complicado, tava bem focada no inicio do ano e em menos de 6 meses conseguir eliminar 10 quilos chegou período de são joao e eu me desleixei ganhei alguns mas nada d mais, agora estou voltando ao foco e principalmente a academia que estar sendo a minha maior prova de fogo. Não consegui chegar a esses pratos lindos de ver, mas minha alimentação aos poucos estão melhorando.

  • Deixe uma resposta